Ambiental Ceará recebe executivos do IBEF Ceará em visita à sede administrativa

Postado por ambientalceara em 02/fev/2024 - Sem Comentários

Tecnologia de operação, governança, ESG, investimentos e as transformações trazidas pela universalização do esgotamento sanitário foram alguns dos temas abordados, na manhã desta sexta-feira (2), durante o encontro entre a diretoria da Ambiental Ceará e os associados do Instituto Brasileiro dos Executivos de Finanças no Ceará (IBEF Ceará). A reunião aconteceu na sede administrativa da Ambiental Ceará, no BS Design, e foi conduzida pelo diretor-presidente, André Facó, e pela diretora de Relações Institucionais, Águeda Muniz, que também está como diretora vogal do IBEF Ceará.

“Foi o momento de reforçar nossas missões e desafios para levar o serviço de coleta e tratamento de esgoto a 4,3 milhões de cearenses em 24 cidades. Falamos sobre inovações no dia a dia, sobre o relacionamento com a comunidade e detalhamos o modelo da Parceria Público-Privada em que estamos inseridos com a Cagece”, destacou André Facó.

“Há alguns anos, o IBEF vem quebrando barreiras, reunindo pessoas de diversos segmentos e promovendo trocas entre elas. Nossos sócios são de áreas diferentes, e querem conhecer novos negócios, por isso a importância desse encontro com a Ambiental Ceará”, disse o presidente do Ibef Ceará, Ives Castelo Branco.

Além de serem apresentados ao modelo de atuação da PPP, os convidados conheceram o Centro de Operações Integradas (COI) da Ambiental Ceará, que acompanha, 24h por dia, cerca de 400 equipamentos, entre Estações de Tratamento e Elevatórias de Esgoto (ETEs e EEEs), além das rotinas das equipes operacionais em campo.

PPP do esgotamento sanitário

Por meio da Parceria Público-Privada (PPP) firmada com a Cagece, a Ambiental Ceará é responsável pela ampliação, operação e manutenção do sistema de esgotamento sanitário em 24 municípios das regiões metropolitanas de Fortaleza e do Cariri. A PPP atende 4,3 milhões de cearenses e, ao todo, R$ 6,2 bilhões serão investidos em obras. A PPP visa promover o avanço do esgotamento sanitário para 90% da população até o ano de 2033, avançando para 95% em 2040.

Ambiental Ceará e Cagece iniciam visitas às cidades do Bloco 2 da PPP de esgotamento sanitário

Postado por ambientalceara em 16/jun/2023 - Sem Comentários

Nesta sexta-feira (16), os diretores das duas empresas estiveram com o secretário de Infraestrutura de Caucaia

A Ambiental Ceará e a Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) iniciaram as visitas às cidades contempladas no Bloco 2 da Parceria Público-Privada (PPP) de esgotamento sanitário. Na manhã desta sexta-feira (16), os diretores das duas empresas estiveram com o secretário municipal de Infraestrutura de Caucaia, André Luiz Daher, e mais gestores da pasta, para apresentar o modelo de operação, investimentos e ações previstas para a cidade dentro da maior PPP de esgotamento sanitário do país, que vai universalizar o acesso à coleta e tratamento de esgoto em 24 municípios cearenses.

O diretor-presidente da Ambiental Ceará, André Facó, a diretora de Relações Institucionais, Águeda Muniz, e o diretor executivo, Fernando Lima, compartilharam informações acerca das tecnologias que serão empregadas nas obras e dos programas de aproximação e relacionamento com as comunidades, a exemplo do Afluentes. O encontro foi, ainda, o momento de ouvir as principais demandas do município, em relação ao saneamento, para que essas particularidades já sejam incorporadas ao plano de obras e melhorias que a Ambiental Ceará vai realizar em Caucaia. Além do secretário André Luiz, estavam presentes na reunião a secretária adjunta de Infraestrutura, Eveline Mota, e Robson Vieira, da mesma pasta.

Diretorias da Ambiental Ceará e da Cagece em visita ao secretário de Infraestrutura de Caucaia. (Foto: Divulgação/ Rayane Mainara).

Para a próxima semana já estão marcadas visitas aos prefeitos de Trairi, Paraipaba e Paracuru. Os encontros com os gestores de Fortaleza, São Gonçalo do Amarante e São Luís do Curu serão articulados de acordo com a agenda de cada prefeito. 

Universalizar o esgoto

A PPP de esgotamento sanitário foi firmada com o objetivo de cumprir as metas estabelecidas pelo Novo Marco Legal do Saneamento, que determina que 90% da população tenha acesso à coleta e ao tratamento de esgoto até o ano de 2033. A Ambiental Ceará passa a atender 24 cidades, beneficiando 4,3 milhões de pessoas, o equivalente a mais de 60% da população urbana do Estado. Ao todo, R$ 6,2 bilhões serão investidos na operação, ampliação e manutenção do sistema de esgotamento sanitário destas cidades.

Em maio, a Ambiental Ceará iniciou as obras nas 17 cidades das regiões metropolitanas de Fortaleza e do Cariri que integram o Bloco 1. Já o Bloco 2, cujo contrato foi assinado também em maio e contempla Fortaleza e seis cidades, está na etapa de operação assistida. 

Diretoras da Ambiental Ceará fortalecem iniciativas por equidade de gênero em encontro com Jade Romero

Postado por ambientalceara em 03/abr/2023 - Sem Comentários

Vice-governadora do Ceará elogiou a participação feminina na empresa e abriu caminhos para parcerias

Empreendedorismo feminino, inserção da mulher no mercado de trabalho, parcerias de inclusão social e a importância do acesso ao saneamento foram os temas centrais do encontro entre a vice-governadora do Ceará, Jade Romero, a diretora de Relações Institucionais da Ambiental Ceará, Águeda Muniz, e a diretora executiva da empresa, Elisa Ribeiro. Durante a visita, realizada na semana passada, Jade elogiou a atenção dada à questão de gênero na Ambiental Ceará, que tem 40% dos cargos da diretoria ocupados por mulheres.

“Fala-se muito em criar oportunidades, mas precisamos expandir a consciência das pessoas para enxergar essas potencialidades porque nós, enquanto mulheres, fomos ensinadas a não ver. Ter uma empresa, numa área muito masculina [como o saneamento] com 40% de mulheres na diretoria, e a meta de aumentar essa participação, já mostra que estamos abrindo essas possibilidades”, enfatizou a vice-governadora. A Ambiental Ceará é uma empresa da Aegea Saneamento e, com isso, está alinhada a metas como aumentar a representatividade feminina em cargos de liderança para 45% até 2030.

Águeda Muniz, abordou, ainda, os efeitos do acesso ao saneamento básico na melhora da qualidade de vida da população, especialmente das mulheres. “O acesso ao saneamento melhora os índices de saúde, educação e renda. E a mulher é o vetor disso, porque ela é a nossa principal cliente e articula todas as decisões da família. Para além do saneamento, estamos comprometidos em promover e apoiar projetos que fortaleçam o Índice de Desenvolvimento Humano dos Municípios (IDH-M)”, salientou.

As gestoras trocaram ideias sobre as iniciativas voltadas para o empoderamento e autonomia financeira das mulheres, abrindo caminho para parcerias futuras. Além da meta da participação feminina em cargos de liderança, a Aegea desenvolve iniciativas como o Mãos e Obras, projeto que capacita novos profissionais e futuros empreendedores como foco no desenvolvimento da economia local, e que tem abordagens específicas para as mulheres das regiões atendidas pelas concessionárias da empresa, a exemplo da Ambiental Ceará.

PPP de esgotamento sanitário

Por meio de Parceria Público-Privada (PPP) firmada com a Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), a Ambiental Ceará vai universalizar o esgotamento sanitário em 24 cidades das regiões metropolitanas de Fortaleza e do Cariri. O projeto contempla a execução de obras de infraestrutura, melhorias, manutenção e operação do sistema de esgotamento sanitário, com investimento total de R$ 6,2 bilhões. Serão construídas 27 Estações de Tratamento de Esgoto, 249 Estações Elevatórias e implantados mais de 4.000 km de novas redes de esgoto. Com a ampliação da infraestrutura, serão coletados e tratados, por mês, mais de 1 bilhão de litros de esgoto.

Ambiental Ceará e Cagece visitam a região metropolitana do Cariri

Postado por ambientalceara em 01/mar/2023 - Sem Comentários

As diretorias da Ambiental Ceará e da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) visitaram, no início desta semana, dias 27 e 28 de fevereiro, uma série de visitas aos municípios caririenses contemplados no bloco 1 da Parceria Público-Privada (PPP) que vai universalizar os serviços de esgotamento sanitário. Os encontros firmam o início do processo de transferência da operação do sistema de esgotamento sanitário da cidade.

Durante as visitas, além de estreitar as relações, os diretores da Ambiental Ceará e da Cagece aproveitaram para apresentar o projeto de PPP de esgoto, explicando toda a parte operacional, investimentos e metas para as cidades. Na segunda-feira, o encontro foi com o prefeito de Juazeiro do Norte. No período da tarde, as reuniões foram com os gestores dos municípios de Farias Brito e Missão Velha, respectivamente.

Já os municípios de Santana do Cariri e Nova Olinda receberam as visitas na terça-feira (28). Posteriormente, também será agendada visita na cidade de Barbalha, também contemplada neste contrato.

O diretor-presidente da Ambiental Ceará, André Facó, destaca que esta é a maior Parceria Público-Privada de esgoto do Brasil. “Esse projeto será transformador para os 17 municípios que serão atendidos, pois sabemos que saneamento básico é melhorar a saúde e a qualidade de vida da população. É uma alegria chegar na região do Cariri e assumir esse compromisso. Além da parceria com a Cagece, a participação das prefeituras é fundamental para alcançarmos, juntos, a universalização do esgotamento sanitário”, afirma Facó.

Para o diretor de Negócios do Interior para a Cagece, Hélder Cortez, este momento inicia o processo de transferência da operação do sistema de esgotamento sanitário das cidades, apresentando todas as etapas necessárias aos gestores dos municípios. “Conjuntamente, nos comprometemos em investir, melhorar e ampliar o atendimento da nossa rede de esgotamento sanitário, para que em dez anos tenhamos 90% de cobertura em todas as cidades contempladas”. 

Além de Juazeiro do Norte, outros 16 municípios da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) e do interior integram o primeiro bloco da PPP do Esgotamento Sanitário. Os encontros também já foram realizados nos municípios de Maracanaú, Horizonte, Pacajus, Eusébio, Aquiraz, Maranguape, Guaiúba, Pacatuba e Cascavel.

 

 

Ambiental Ceará e Cagece realizam visitas aos municípios que serão atendidos pela PPP de esgoto

Postado por ambientalceara em 14/fev/2023 - Sem Comentários

Apresentar o maior projeto de esgotamento sanitário do Ceará, conhecer de perto as cidades que serão atendidas e estreitar relações com os gestores municipais. Com estes objetivos, a  Ambiental Ceará, empresa da Aegea Saneamento, e a Companhia de Água do Ceará (Cagece) iniciaram as visitas institucionais aos prefeitos das cidades que serão atendidas pela Parceria Público-Privada (PPP) de esgoto. Nesta quarta-feira (15/02), a equipe estará em Maranguape e Guaiúba. Os encontros seguem, até o início de março, para alcançar os 17 municípios das regiões metropolitanas de Fortaleza e do Cariri.

A primeira visita, realizada na última sexta-feira (10/02), foi com o prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa, e também com a presença da deputada federal, Fernanda Pessoa. Na segunda-feira (13/02), foi a vez dos municípios de Horizonte, com o prefeito Nezinho Farias; de Pacajus, com o prefeito Bruno Pereira; Eusébio, Acilon Gonçalves; e Aquiraz, com o prefeito Bruno Gonçalves. As conversas contaram também com a presença de deputados estaduais, vereadores e secretários municipais.

O diretor-presidente da Ambiental Ceará, André Facó, ressaltou a alegria de fazer parte da maior Parceria Público-Privada de esgoto do Brasil. “Esse projeto só foi possível pela modelagem da Cagece. É um grande desafio que enfrentaremos com muita eficiência operacional e qualidade nos serviços prestados. Nossa meta é, até 2033, proporcionar o acesso ao esgoto para 90% da população desses municípios e, em 2040, 95% das pessoas. Além da parceria com a Cagece, a participação das prefeituras é fundamental. Esta obra de infraestrutura irá mudar a realidade de saúde e qualidade de vida de 1,1 milhão de cearenses”, comemorou Facó.

Durante as reuniões, foram apresentadas as etapas da PPP, as atribuições da Ambiental Ceará e da Cagece e os investimentos que serão feitos nos municípios. O presidente da Cagece, Neuri Freitas, afirmou que o objetivo é estreitar relações e fortalecer parcerias. “A ideia é apresentar o que faremos neste início de contrato. Estamos com um contrato firmado e em breve, após a operação assistida, as obras serão iniciadas. Este é também um momento de escuta sobre as expectativas dos municípios e aproveitamos para explicar toda a parte operacional que está prevista para a ampliação do serviço, mostrando os valores e as metas de investimento”, disse Freitas. 

As próximas visitas serão às cidades de Chorozinho, Maranguape, Guaiúba, Cascavel, Pacatuba, Itaitinga, Juazeiro do Norte, Barbalha, Missão Velha, Nova Olinda, Santana do Cariri e Farias Brito.

O gestor de Horizonte, Nezinho Farias, garante que a Prefeitura atuará como parceira da Ambiental Ceará e Cagece para a realização das obras. “Reconhecemos a importância deste projeto para a nossa cidade. Nós já sonhávamos com essa ampliação do esgotamento sanitário há muitos anos. Estamos à disposição para contribuir no que for necessário para que este projeto dê certo e traga benefícios para nossa população.”

No Eusébio, o prefeito Acilon Gonçalves observou a importância de investimentos no saneamento básico para melhorar a saúde da população. “Esta obra é o sonho da Secretaria da Saúde e da população, pois é provado que o saneamento melhora muito o nível de saúde da cidade. Para que esses benefícios cheguem logo às comunidades, é preciso trabalharmos juntos. Nós estamos como parceiros nas obras e na área social. Por isso, iremos visitar todos os domicílios para conscientizar os moradores sobre a importância de realizar a ligação à rede de esgoto.” 

As visitas também contam com a presença da diretora de relações institucionais da Ambiental Ceará, Águeda Muniz; dos diretores executivos da Ambiental Ceará, Elisa Ribeiro e Fernando Lima; e diretores e técnicos da Cagece. 

Ambiental Ceará

A Ambiental Ceará é uma empresa da Aegea, grupo líder em saneamento privado no país. A partir da assinatura do contrato de Parceria Público-Privada (PPP) de esgotamento sanitário, firmado com o Governo do Estado e a Companhia de Água e Esgoto do Estado do Ceará (Cagece), a empresa fica responsável pela universalização do esgotamento sanitário em 17 cidades das regiões metropolitanas de Fortaleza e do Cariri. Os investimentos garantirão que 1,1 milhão de cearenses tenham acesso à coleta e tratamento de esgoto, promovendo mais saúde, dignidade humana e qualidade de vida.

Em cinco anos, a concessionária deverá dobrar a cobertura de esgotamento sanitário nos municípios que hoje é de apenas 30%. A meta é chegar a universalização até 2033, garantindo que 90% da população tenha acesso à coleta e tratamento de esgoto, avançado para 95% até 2040. 

Um total de R$ 2,6 bilhões deve ser destinado para as obras de ampliação, operação e manutenção dos sistemas de esgotamento sanitário. O projeto contempla a implantação de 2.500 km de novas redes de esgoto, 18 novas Estações de Tratamento de Esgoto, 159 novas Estações Elevatórias de Esgoto e mais de 325 mil novas ligações de esgoto.