Notícias

Ver notícia

A universalização do esgotamento sanitário em 24 cidades cearenses e os benefícios socioeconômicos dessa transformação foram a pauta da reunião de diretoria da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) Fortaleza, nesta segunda-feira (6), na sede da entidade. O encontro teve a participação da diretora de Relações Institucionais da Ambiental Ceará, Águeda Muniz, que apresentou o plano de operação da empresa, investimentos e obras previstos na jornada de acesso à coleta e ao tratamento de esgoto. Além disso, a gestora fortaleceu a parceria com os empresários para serem disseminadores da importância da conexão dos imóveis ao sistema de esgotamento sanitário. 

Com a ampliação do sistema de esgotamento sanitário, executada pela Ambiental Ceará, estão previstos benefícios como a redução de R$ 1,2 bilhão em custos com a saúde do Estado e a geração de R$ 17,9 bilhões a partir do aumento da produtividade dos trabalhadores, até 2040, segundo apontou pesquisa realizada pelo Instituto Trata Brasil. “Além de ter influência direta na saúde dos funcionários dos empreendimentos, o sistema de coleta e tratamento de esgoto facilita o acesso às lojas, aumenta a circulação de pessoas em regiões comerciais e movimenta a economia local”, acrescentou Águeda Muniz. 

“Quando se fala em esgoto, se fala em saúde, e nós, enquanto empresários, temos que ter responsabilidade com nossos colaboradores. Por isso, nos colocamos, também, como divulgadores dessa jornada de universalização, colaborando para que cada vez mais pessoas possam conectar as casas à rede de esgoto disponível. Nosso estado já sofre com doenças causadas pelo esgoto a céu aberto e temos a certeza de que podemos contribuir para que essa realidade seja totalmente transformada”, enfatizou o presidente da CDL Fortaleza, Assis Cavalcante. 

Diretora de Relações Institucionais da Ambiental Ceará, Águeda Muniz, com o presidente da CDL Fortaleza, Assis Cavalcante. (Foto: Divulgação/Ambiental Ceará)

Ao fim do encontro, membros da CDL Fortaleza iniciaram articulações para promover, nas próprias empresas, momentos de conscientização com os colaboradores sobre a melhoria na qualidade de vida e ganhos socioeconômicos relacionados ao saneamento básico. 

PPP de esgotamento sanitário

Universalizar o esgotamento sanitário é a premissa da Parceria Público-Privada (PPP) firmada entre a Cagece e a Ambiental Ceará. A empresa é responsável pela ampliação, operação e manutenção do sistema de esgotamento sanitário em 24 municípios das regiões metropolitanas de Fortaleza e do Cariri, atendendo 4,3 milhões de cearenses. Ao todo, R$ 6,2 bilhões serão investidos em obras, levando esgotamento sanitário para 90% da população até o ano de 2033, e avançando para 95% em 2040.

Compartilhar:

Veja Também

Notícias Saiba mais
Notícias

Confira as últimas notícias da Ambiental Ceará e saiba mais sobre obras, programas e projetos.

Quem Somos Saiba mais
Quem Somos

A Ambiental Ceará é responsável pelos serviços de coleta, afastamento e tratamento de esgoto em 24 municípios cearenses.

Política de Sustentabilidade Saiba mais
Política de Sustentabilidade

Respeito ao meio ambiente e as pessoas, contribuindo para qualidade de vida e saúde da população onde atuamos.

Contato Saiba mais
Contato

O atendimento ao cliente permanece com a Cagece. Utilize a Central de Atendimento da Cagece para qualquer solicitação.