Santana do Cariri recebe obra de rede aérea de esgoto no Canal de São Pedro

Postado por ambientalceara em 29/ago/2023 - Sem Comentários

A intervenção faz parte da Parceria Público-Privada entre a Ambiental Ceará e a Cagece para universalizar o esgotamento sanitário em 24 cidades cearenses

Cerca de mil moradores de Santana do Cariri serão beneficiados com as primeiras obras da Ambiental Ceará no município, que terão início nesta terça-feira (29/08). As intervenções terão como foco solucionar uma demanda histórica da comunidade: a ausência de coleta e tratamento de esgoto nas proximidades do Canal de São Pedro. A empresa, parceira da Cagece, irá implantar 400 metros de rede aérea de esgoto nas margens do riacho e 1.000 metros de rede coletora de esgoto subterrânea nas ruas do bairro.

Essa estrutura permitirá a conexão de 300 imóveis ao sistema de esgotamento sanitário. Essa obra é a primeira etapa do processo que permite que as residências da localidade tenham acesso à rede de esgoto, pela qual os efluentes emitidos serão coletados e receberão o tratamento adequado, evitando que o esgoto seja despejado diretamente na natureza e colaborando para a recuperação ambiental da região e a redução significativa de doenças de veiculação hídrica.

O diretor-executivo da Ambiental Ceará, Danilo Almeida, destaca que a rede aérea de Santana do Cariri – a primeira da PPP no Ceará -, é o início de um projeto transformador na cidade e também no estado. “Nosso trabalho é levar saneamento a localidades com geografia e realidade social diversas. Por isso, estamos trazendo essa opção inovadora e não convencional, que é a rede aérea de esgoto, para essa região. Essa obra trará benefícios para a população, com mais saúde e qualidade de vida, e também para o meio ambiente”, afirma.

Relacionamento com a comunidade

Além das intervenções na área de infraestrutura, as equipes da Ambiental Ceará estão realizando o trabalho de conscientização junto aos moradores do município. O objetivo é que todos conheçam os benefícios do saneamento, sobretudo o esgotamento sanitário. Um dos canais de relacionamento da Ambiental Ceará com a população é o programa Afluentes, lançado em julho na cidade.

Davidson Linarte, agente comunitário de saúde, é uma das lideranças de Santana do Cariri cadastradas no projeto e enfatiza a importância da iniciativa. “Por meio do Afluentes, pude perceber a relevância dessas obras para o município. Principalmente porque a cada R$ 1 investido em saneamento básico, temos R$ 4 economizados na área da saúde. Então, serão vários benefícios para a população”, afirma

PPP do esgotamento sanitário

Por meio da Parceria Público-Privada (PPP) estabelecida com a Cagece, a Ambiental Ceará tem o objetivo de cumprir as metas estabelecidas pelo Novo Marco Legal do Saneamento, que determina que 90% da população tenha acesso à coleta e ao tratamento de esgoto até o ano de 2033. O projeto beneficia 24 cidades, com atendimento a 4,3 milhões de pessoas. Ao todo, R$ 6,2 bilhões serão investidos na operação, ampliação e manutenção do sistema de esgotamento sanitário destas cidades.

Desse total de municípios, 17 das regiões metropolitanas de Fortaleza e do Cariri estão, desde maio, com o sistema de esgotamento sanitário sendo operados pela Ambiental Ceará. Os outros sete municípios, incluindo Fortaleza, estão na fase de operação assistida, período em que a Ambiental Ceará recebe da Cagece informações técnicas sobre as regiões onde vai atuar.