Notícias

Ver notícia

Na última quarta-feira (26), a Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) e a Ambiental Ceará iniciaram a construção da primeira Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) da cidade de Santana do Cariri. O lançamento da obra aconteceu no centro da cidade, local onde o equipamento será construído. Com previsão de entrega para setembro deste ano, a estrutura terá capacidade para tratar 20,8 milhões de litros de esgoto por mês, coletado de 1.158 imóveis.

“A construção da ETE em Santana do Cariri é um retrato dos frutos que essa parceria com a Ambiental Ceará irá gerar em todos os municípios atendidos pela PPP. Nossa principal missão é darmos cumprimento ao Marco Legal, atingindo a universalização. O início dessa obra é uma importante vitória tanto para o município, quanto para a nossa PPP”, pontua Luciano Arruda, Diretor de Gestão de Parcerias da Cagece.

A nova estrutura terá tecnologia que reduz odores, além disso, o esgoto tratado na estação será devolvido ao meio ambiente em qualidade superior à determinada por lei.

Para o Assessor Especial de Assuntos Municipais do Governo do Ceará, Artur Bruno, o momento reforça o compromisso do Ceará com a universalização, “o investimento de quase R$ 10 milhões reflete um avanço do estado na oferta dos serviços de coleta e tratamento de esgoto, especialmente pelos benefícios na saúde, na educação e economia”, acrescenta.

O projeto prevê, ainda, duas expansões na estação de tratamento, permitindo que, até 2032, ela consiga receber e tratar cerca de 31,1 milhões de litros de esgoto por mês, coletados dos mais 2.463 imóveis da sede do município.

“Está sendo uma obra de grande impacto para a cidade porque vai trazer uma transformação histórica. A construção dessa ETE vai permitir que, pela primeira vez, os moradores tenham acesso à coleta e ao tratamento de esgoto e a todos os benefícios relacionados a esse serviço. Será o fim dos esgotos correndo a céu aberto, das doenças causadas por essa situação, e o início de uma nova etapa na rotina da cidade”, define o diretor-presidente da Ambiental Ceará, André Facó.

Na ocasião, também estiveram presentes Fernando Lima, diretor de Operações da Ambiental Ceará; Águeda Muniz, diretora de Relações Institucionais da Ambiental Ceará; Tadeu Bezerra, gerente da Ambiental Ceará; e o prefeito de Santana do Cariri, Samuel Cidade.

PPP do esgotamento sanitário

A Parceria Público-Privada (PPP) entre a Cagece e a Ambiental Ceará tem como objetivo universalizar os serviços de coleta e tratamento de esgoto em 24 municípios das regiões metropolitanas de Fortaleza e do Cariri, atendendo 4,3 milhões de cearenses. Ao todo, R$6,2 bilhões serão investidos em obras, levando esgotamento sanitário para 90% da população até o ano de 2033, e avançando para 95% em 2040.

Compartilhar:

Veja Também

Responsabilidade Social Saiba mais
Responsabilidade Social

A atuação social e ambientalmente responsável faz parte da nossa história e do nosso propósito.

Contato Saiba mais
Contato

O atendimento ao cliente permanece com a Cagece. Utilize a Central de Atendimento da Cagece para qualquer solicitação.

Quem Somos Saiba mais
Quem Somos

A Ambiental Ceará é responsável pelos serviços de coleta, afastamento e tratamento de esgoto em 24 municípios cearenses.

Politica de Inv. Social Privado Saiba mais
Politica de Inv. Social Privado

Uma concessão é muito mais que um acordo com o poder público, é um compromisso com o lugar e com sua gente.