Notícias

Ver notícia

Na ação, serão utilizados dois equipamentos, um insuflador de fumaça e o robô San, para detectar possíveis contribuições de águas pluviais no sistema

Utilizando um insuflador de fumaça, a Ambiental Ceará, parceira público-privada da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), irá realizar uma vistoria técnica no sistema de esgotamento sanitário da avenida Beira-Mar, a partir das 23h30, da próxima segunda-feira (29). A inspeção, que tem como objetivo identificar irregularidades e contribuições indevidas na rede, ocorrerá em 2,5 km da rede coletora localizada entre as vias Barão de Studart e Tereza Hinko, próximo ao Parque Bizão. O serviço será finalizado ainda no início da madrugada de terça-feira (30).

O teste de fumaça visa contribuir para um diagnóstico operacional do Interceptor Leste (IL), uma das redes de esgoto mais importantes de Fortaleza, responsável por transportar os efluentes coletados de diversos bairros da Capital para o tratamento na Estação de Pré-Condicionamento de Esgoto (EPC). Também será utilizado um robô de fiscalização, chamado San, que percorrerá a rede para identificar as irregularidades no sistema local.

De acordo com Fernando Lima, diretor de Operações da Ambiental Ceará, a ação contribui para eficiência operacional do sistema de esgotamento sanitário de Fortaleza, principalmente neste período chuvoso. “Com essa ação, nós conseguimos detectar possíveis contribuições de águas pluviais que sobrecarregam a rede de esgoto da região. Vale destacar que, com os resultados desse diagnóstico, será possível atuar de forma mais assertiva nas adequações necessárias para manter o bom funcionamento do sistema de coleta e tratamento de esgoto”, ressalta.

A injeção de fumaça na rede é feita por meio do equipamento insuflador acoplado aos Poços de Visita (PVs), também conhecidas como tampas de esgoto. Essa fumaça percorre pela tubulação de esgotamento sanitário até retornar à superfície. Dependendo do local onde ela emergir, como bocas de lobos, ralos ou caixa de passagem, por exemplo, é possível identificar um provável ponto de irregularidade ou de lançamento de água da chuva na rede de esgoto.

“Essa é, também, uma ação preventiva, que visa reduzir a possibilidade de extravasamento em períodos de chuva. Caso sejam detectadas desconformidades na rede de esgoto, nós trabalharemos no reparo e nos encaminhamentos para os órgãos responsáveis para a regularização do sistema”, explica Fernando Lima.

Durante os testes, a fumaça pode aparecer em ralos e pias de banheiros e cozinhas dos imóveis. A Ambiental Ceará garante que o morador não precisa se preocupar, pois ela não é tóxica e não faz mal à saúde de pessoas e animais ou ao meio ambiente. Na avenida, um dos lados da via será interditado, para que os trabalhos sejam realizados em segurança, e a outra estará liberada para o trânsito de veículos.

PPP de esgotamento sanitário

Universalizar o esgotamento sanitário é a premissa da Parceria Público-Privada (PPP) firmada entre a Cagece e a Ambiental Ceará. A empresa é responsável pela ampliação, operação e manutenção do sistema de esgotamento sanitário em 24 municípios das regiões metropolitanas de Fortaleza e do Cariri, atendendo 4,3 milhões de cearenses. Ao todo, R$ 6,2 bilhões serão investidos em obras, levando esgotamento sanitário para 90% da população até o ano de 2033, e avançando para 95% em 2040.

Compartilhar:

Veja Também

Notícias Saiba mais
Notícias

Confira as últimas notícias da Ambiental Ceará e saiba mais sobre obras, programas e projetos.

Esgotamento Sanitário Saiba mais
Esgotamento Sanitário

A Ambiental Ceará trabalha diariamente para ampliar e melhorar o índice de coleta e tratamento de esgoto.

Contato Saiba mais
Contato

O atendimento ao cliente permanece com a Cagece. Utilize a Central de Atendimento da Cagece para qualquer solicitação.

Quem Somos Saiba mais
Quem Somos

A Ambiental Ceará é responsável pelos serviços de coleta, afastamento e tratamento de esgoto em 24 municípios cearenses.