Notícias

Ver notícia

A nova rede de coleta foi entregue pela Ambiental Ceará, parceira da Cagece na universalização do acesso ao esgotamento sanitário de 24 cidades cearenses

Após duas décadas morando no bairro Granja Lisboa, em Caucaia, o eletricista Francisco Tarcísio Alves, 62, acompanhou de perto a chegada do sistema de esgotamento sanitário em casa. “Não usarei mais a fossa séptica e vai acabar a lama que escorre pela minha calçada. Estou feliz porque, agora, a rua vai ficar mais limpa e vai trazer mais saúde para todos nós”, comemora.

Francisco Tarcísio é uma das 150 pessoas beneficiadas com a implantação de 300 metros de tubulação de esgotamento sanitário na Rua Mateus Lemos. A Ambiental Ceará, empresa parceira da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), concluiu a obra, permitindo que imóveis se conectem ao sistema de coleta e tratamento de esgoto e dêem fim ao uso da fossa séptica.

O gerente de Serviços da Ambiental Ceará, Diego Félix, destaca que a conexão dos moradores à rede é fundamental para eliminar os esgotos a céu aberto e garantir o tratamento adequado dos efluentes. “A partir do momento que o morador conecta a casa na rede de esgoto damos mais um passo para a transformação de tornar possível a universalização do esgotamento sanitário. Assim, será possível também reduzir as doenças relacionadas ao contato com esses efluentes e ainda cuidar do meio ambiente”, destaca.

Ele explica ainda que algumas residências já receberam a conexão direta à nova rede de esgoto. “Nas casas que possuíam a fossa séptica localizada na calçada, nós já realizamos a ligação da tubulação residencial à rede de coleta implantada”. Foi assim com a morada de  Maria Aldenora Ferreira, 65, que convivia com o esgoto a céu aberto na porta da casa, e, agora, tem o imóvel conectado ao sistema de esgotamento sanitário.

“Quando saía de casa, pisava o pé na lama. Por conta disso, peguei até uma doença de pele. Também tinha mau cheiro, muriçoca e mosca. Agora, a minha fossa foi desativada e o esgoto da minha casa vai ter o destino correto. Além disso, finalmente, depois de seis anos morando aqui, agora posso ficar sentada na calçada com o meu cachorro, o Pitoco, vendo o movimento da rua”, afirma ela.

Para os imóveis em que a fossa é instalada na parte interna da casa, a Ambiental Ceará disponibilizou, nas calçadas de cada um, o Terminal de Inspeção e Limpeza (TIL). Esse equipamento possibilita que o morador realize a conexão entre a propriedade do cliente e a rede coletora de esgoto, que dará o destino adequado para o tratamento dos efluentes domésticos das pias, chuveiros, ralos internos, vasos sanitários e fossa do imóvel.

PPP de esgotamento sanitário

Universalizar o esgotamento sanitário é a premissa da Parceria Público-Privada (PPP) firmada entre a Cagece e a Ambiental Ceará. A empresa é responsável pela ampliação, operação e manutenção do sistema de esgotamento sanitário em 24 municípios das regiões metropolitanas de Fortaleza e do Cariri, atendendo 4,3 milhões de cearenses. Ao todo, R$6,2 bilhões serão investidos em obras, levando esgotamento sanitário para 90% da população até o ano de 2033, e avançando para 95% em 2040.

Compartilhar:

Veja Também

Contato Saiba mais
Contato

O atendimento ao cliente permanece com a Cagece. Utilize a Central de Atendimento da Cagece para qualquer solicitação.

Notícias Saiba mais
Notícias

Confira as últimas notícias da Ambiental Ceará e saiba mais sobre obras, programas e projetos.

Política de Sustentabilidade Saiba mais
Política de Sustentabilidade

Respeito ao meio ambiente e as pessoas, contribuindo para qualidade de vida e saúde da população onde atuamos.

Politica de Inv. Social Privado Saiba mais
Politica de Inv. Social Privado

Uma concessão é muito mais que um acordo com o poder público, é um compromisso com o lugar e com sua gente.